25 de mai de 2007

Plástica de Vagina


Imagina se a moda pega por aqui… Você já ouviu falar em design de vagina? Pois não é que em Londres, segundo o British Medical Journal, cada vez mais mulheres têm procurado a rede de saúde pública para solicitar cirurgias plásticas na “perseguida”? Isso mesmo, A matéria publicada disse que as cirurgias mais requisitadas são para redução de lábios vaginais, No entanto, muitas mulheres inglesas dizem ter problemas com o tamanho e as proporções de suas vulvas, segundo o Instituto para Saúde da Mulher daquele país. Parece que tudo corria normalmente com a mulherada de lá e suas vaginas até que matérias em revistas femininas sobre o assunto começaram a ser publicada. Os artigos sobre Design de Vaginas impulsionaram a onda de cirurgias. Além disso, matérias na internet e promoções em clínicas particulares, têm popularizado a técnica na Inglaterra. Segundo o autor do texto do British Medical Journal publicado esta semana, as mulheres que buscam tais recursos estão sendo influenciadas por imagens de genitálias em produções pornográficas e por sites privados de genitoplastia. E a coisa não é tão simples assim: parece que a plástica de vagina demora muito tempo para dar resultado para as pacientes. Enfim o cirurgião plástico brasileiro Eduardo Sucupira, a CIRURGIA PLÁSTICA ÍNTIMA OU NINFOPLASTÍA é indicada para mulheres que se sentem incomodadas com a sua aparência íntima, os motivos mais comuns estão no excesso do tamanho dos pequenos ou grandes lábios ou ainda no volume excessivo do púbis. A solução destes problemas é simples e devolve a mulher à situação de equilíbrio psicológico. A cirurgia íntima é indicada para mulheres que tem os "pequenos" lábios vaginais muito grandes ou quando se tem um púbis muito alto. No caso do púbis, geralmente a melhor solução é fazer uma lipoaspiração da gordura. A correção dos lábios vaginais é feita a partir de uma cirurgia simples com anestesia local e a alta hospitalar ocorre no mesmo dia. O excesso de mucosa é retirado e a sutura, com fio absorvível, cai espontaneamente. Não há necessidade de curativo. O problema é comum, mas poucas mulheres se sentem confortáveis em admitir que querem melhorar a estética da região da vagina. Quando os pequenos lábios são maiores do que deveriam ser, chegando até a ultrapassar os grandes lábios, acabam prejudicando não só a auto-estima da mulher, mas sua performance sexual e sobretudo a sua auto-confiança.

Dei esta nota do site. Fiquei chocada com as doideiras que existem por aí. Acho que nunca tinha parado para pensar em deformidades íntimas. Noooooooossa! Que lance! Enfim, como vocês percebem, tais anomalias influenciam diretamente na auto-estima da mulher... por tanto, só poderia estar aqui no De dentro.

Nenhum comentário: